Saúde

Como Saber Se O Seu Filho Tem TDAH?

TDAH: Transtorno De Déficit De Atenção E Hiperatividade

Como mãe, enfrentamos muitas dúvidas, incertezas e insegurança quando temos um filho. E o TDAH: Transtorno De Déficit De Atenção e Hiperatividade é uma doença bastante discutida na saúde mental de crianças e adolescentes que precisa de um diagnóstica muito delicado e de um cuidado especial de quem está avaliando.

TDAH: Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

TDAH: Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

O profissional seja o Psiquiatra, Neuropediatra ou outro profissional que trabalhe com a saúde mental que esteja junto no processo de investigação, vai realizar um diagnóstico de uma maneira que seja possível enxergar a criança e entender as suas particularidades.

Por mais que os pais façam tudo certinho na função de educar o seu filho, uma criança com TDAH, é uma criança que sofre! Pode ter baixa autoestima por não acompanhar o desenvolvimento lúdico da sala de aula, sofre de bullying pelos colegas e começa achar que não é capaz de realizar determinadas tarefas.

Mas o Que é de Fato o TDAH: Transtorno De Déficit De Atenção E Hiperatividade

TDAH: Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

O TDAH: transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, é nomeada aquelas crianças que é agitada e que não param quietas na escola. Logo surge uma dúvida: saber se seu filho tem TDAH ou não, principalmente por causa da hiperatividade.

O que caracteriza esse transtorno?

Ele causa uma mudança anatômica na região frontal do cérebro no córtex pré-frontal que é desenvolvida um pouco mais lento do que nas outras crianças que não sofrem com o TDAH, ficando um pouco menor!

Essa região é responsável pela ATENÇÃO, IMPULSIVIDADE e do PLANEJAMENTO, ela fica um pouco mais prejudicada. A criança que tem TDAH não possui filtro da memória e quando ela quer lembrar de algo, todas as informações se misturam e aparecem de uma vez na cabeça. Ou seja, é um monte de pensamentos que passam na cabeça dela o tempo todo.

Porém, o fato da criança ter um cérebro um pouco menos desenvolvido do que de uma criança normal, não indica que ela não seja inteligente. Pelo ao contrário, boa parte das crianças que têm o transtorno TDAH: transtorno de déficit de atenção e hiperatividade tem um QI acima da média.

Qual é a Dificuldade de Uma Criança com TDAH?

TDAH: Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

Uns dos sintomas que uma criança pode levantar a suspeita do transtorno TDAH, é a dificuldade de ter foco a atenção. Entretanto, quando ela gosta de um assunto, ela vai até o fim e fica completamente focada para conhecer mais. Ela aprende todas as informações relacionadas ao seu interesse!

Além do mais, se tornam crianças mais criativas quando o assunto é algo que chamou atenção. Mas se não for algo que desperte o seu interesse, ela não vai conseguir manter o foco.

A maior dificuldade é na escola, ela não consegue ficar o tempo todo olhando para o professor e nem ficar muito tempo sentada. Pois o TDAH: transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, vem acompanhado da inquietação.

O TDAH Afeta Mais os Meninos do que as Meninas na Infância

No período escolar, os meninos apresentam mais o aspecto de hiperatividade. E por isso, são diagnosticados com mais facilidade com TDAH: transtorno de déficit de atenção e hiperatividade na infância, enquanto as meninas às vezes passam despercebidas com o transtorno pelos professores. Isso porque não é comum elas apresentarem o sintoma da hiperatividade.

A escola se torna um ambiente mais cuidadoso com o TDAH, geralmente as crianças são diagnósticas primeiro pelos professores que orientam os pais para o tratamento.

O que Causa o TDAH?

A GENÉTICA é uma das principais causas do TDAH: transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. É muito comum a doença passar de geração para geração se tornando um traço familiar. Muitas vezes os pais levam os filhos para iniciar o tratamento e acabam descobrindo que também sofrem com o transtorno.

CIGARROS e BEBIDAS ALCOÓLICAS consumidas por mães podem prejudicar no desenvolvimento do feto e afetar a criança com o TDAH. Mesmo sendo consumidos antes da gestação, podem prejudicar o cérebro do bebê.

O MEIO EM QUE A CRIANÇA VIVE influencia e desenvolver o transtorno. O fato do ambiente em que ela vive ser harmonioso ou hostil pode atingir e contribuir para o TDAH ou não.

TDAH Não Tem Cura Mas Tem Tratamento!

TDAH: Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

É importante ressaltar que o TDAH: transtorno de déficit de atenção e hiperatividade é uma característica da criança e nasce com ela, por isso não tem cura! Contudo, existem tratamentos específicos que ajudam a criança a crescer sem sofrer com o diagnóstico.

Hoje é possível tratar com remédios eficazes que ajudam as crianças a ter uma qualidade de vida excelente. E quanto mais cedo for diagnosticada a doença, menos a criança vai ser afetada e ter problemas maiores na vida adulta.

Como Identificar uma Criança com TDAH?

Não é papel da escola, mas como a criança passa mais tempo dentro de uma sala de aula com um profissional que tem conhecimento sobre o assunto, ela é diagnóstica ainda na escola.

E como o professor consegue identificar um aluno com TDAH no meio de um monte de crianças hiperativas?

Geralmente, a criança com TDAH: transtorno de déficit de atenção e hiperatividade ela é mais DESATENTA, vive sempre no mundo da lua, fica sempre olhando para a janela, se distrai com qualquer coisa. Tudo passa ser uma distração para a criança. Com isso, o rendimento vai ser menor, porque ela não consegue focar como as outras crianças na hora de realizar as tarefas e prestar atenção!

A INQUIETAÇÃO também é um sintoma de TDAH, são aquelas crianças que se mexem na cadeira toda hora, levanta e fica passeando na sala, balança o lápis o tempo todo, bate na mesa enquanto faz outra coisa, não tem organização, não consegue assistir TV.

Quais os Profissionais que Podem Ajudar a Fazer o Diagnóstico na Criança?

 

Assim que o professor identificar o TDAH: transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, os pais devem procurar profissionais que podem oferecer formas de melhorar a qualidade de vida da criança. Os qualificados para fazer o diagnósticos, são:

  • PSIQUIATRA;
  • NEUROLOGISTA;
  • NEUROPSICÓLOGO.

Esse profissionais vão dar suporte para o médico fazer a avaliação através de conversas e observações comportamentais que a criança apresentar. Sendo assim, se você e mãe e observou esses sintomas no seu filho, procure um desses profissionais para confirmar o diagnóstico e iniciar o tratamento o quanto antes!

TDAH: Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (Vídeo)

Gostou do Artigo? Leia Também:

Como Saber Se O Seu Filho Tem TDAH?
4.8 (95.88%) 97 votes

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.